segunda-feira, 25 de maio de 2009

Revoltas da República Velha


Durante a República Velha 1889 a 1930, aconteceram revoltas, na sua grande maioria, provocadas por questões políticas, religiosas, misérias, disputas de terras ou pelo poder.

As principais revoltas ocorridas nesse período foram:

1 - Revolta da Armada/Federalista: A chamada Revolta da Armada foi um movimento de rebelião promovido por unidades da Marinha do Brasil contra o governo do marechal Floriano Peixoto, supostamente apoiada pela oposição monarquista à recente instalação da República
2 - Revolta de Canudos: A chamada Guerra de Canudos, revolução de Canudos ou insurreição de Canudos, foi o confronto entre um movimento popular de fundo sócio-religioso e o Exército da República, que durou de 1896 a 1897, na então comunidade de Canudos, no interior do estado da Bahia, no Brasil. O episódio foi fruto de uma série de fatores como a grave crise econômica e social em que encontrava a região à época, historicamente caracterizada pela presença de latifúndios improdutivos, situação essa agravada pela ocorrência de secas cíclicas, de desemprego crônico; pela crença numa salvação milagrosa que pouparia os humildes habitantes do sertão dos flagelos do clima e da exclusão econômica e social.

3 - Revolta da Vacina: No inicio do século XX, a cidade do Rio de Janeiro, como capital da República, apesar de possuir belos palacetes e casarões, tinha graves problemas urbanos: rede insuficiente de água e esgoto, coleta de resíduos precária e cortiços  super povoados. Alastravam-se, sobretudo, grandes epidemias de febre amarela, varíola e peste bubônica. Nesse ambiente proliferavam muitas doenças tuberculose, o sarampo, o tifo e a hanseníase. Decidido a sanear e modernizar a cidade, o então presidente da República Rodrigues Alves (1902-1906) deu plenos poderes ao prefeito Pereira Passos e ao médico Dr.Oswaldo Cruz para executarem um grande projeto sanitário. O prefeito pôs em prática uma ampla reforma urbana, que ficou conhecida como bota abaixo, em razão das demolições dos velhos prédios e cortiços, que deram lugar a grandes avenidas, edifícios e jardins. Milhares de pessoas pobres foram desalojadas à força, sendo obrigadas a morar nos morros e na periferia.

4 - Contestado: A Guerra do Contestado foi um conflito armado entre a população cabocla e os representantes do poder estadual e federal brasileiro travado entre outubro de 1912 a agosto de 1916, numa região rica em erva-mate e madeira disputada pelos estados brasileiros do Paraná e de Santa Catarina. Originada nos problemas sociais, decorrentes principalmente da falta de regularização da posse de terras, e da insatisfação da população hipossuficiente, numa região em que a presença do poder público era pífia, o embate foi agravado ainda pelo fanatismo religioso, expresso pelo messianismo e pela crença, por parte dos caboclos revoltados, de que se tratava de uma guerra santa.

5 - Revolta da Chibata: A Revolta da Chibata foi um movimento de militares da Marinha do Brasil, planejado por cerca de dois anos e que culminou com um motim que se desenrolou de 22 a 27 de novembro de 1910 na baía de Guanabara, no Rio de Janeiro, à época a capital do país, sob a liderança do marinheiro João Cândido Felisberto. Na ocasião, mais de dois mil marinheiros rebelaram-se contra a aplicação de castigos físicos a eles impostos como punição, ameaçando bombardear a cidade. Durante os seis dias do motim seis oficiais foram mortos, entre eles o comandante do Encouraçado Minas Gerais, João Batista das Neves.


6 - Revolta de 1930: A Revolução de 1930 foi o movimento armado, liderado pelos estados de Minas Gerais, ParaíbaRio Grande do Sul, que culminou com o golpe de Estado, o Golpe de 1930, que depôs o presidente da república Washington Luís em 24 de outubro de 1930, impediu a posse do presidente eleito Júlio Prestes e pôs fim à República Velha. Em 1929, lideranças de São Paulo romperam a aliança com os mineiros, conhecida como política do café-com-leite, e indicaram o paulista Júlio Prestes como candidato à presidência da República. Em reação, o Presidente de Minas Gerais, Antônio Carlos Ribeiro de Andrada apoiou a candidatura oposicionista do gaúcho Getúlio Vargas. Em 1º de março de 1930, houve eleições para presidente da República que deram a vitória ao candidato governista, que era o presidente do estado de São Paulo Júlio Prestes. Porém, Júlio Prestes não tomou posse, em virtude do golpe de estado desencadeado a 3 de outubro de 1930, e foi exilado.

7 - Revolta Constitucionalista: A Revolução Constitucionalista de 1932, Revolução de 1932 ou Guerra Paulista, foi o movimento armado ocorrido no Brasil entre os meses de julho e outubro de 1932, onde o Estado de São Paulo visava a derrubada do Governo Provisório de Getúlio Vargas e a promulgação de uma nova constituição para o Brasil. Foi uma resposta paulista à Revolução de 1930, a qual acabou com a autonomia que os estados gozavam durante a vigência da Constituição de 1891. A revolução de 1930 impediu a posse do governador de São Paulo Júlio Prestes na presidência da República e derrubou do poder o presidente Washington Luís que fora governador de São Paulo de 1920 a 1924. Atualmente, o dia 9 de julho que marca o início da Revolução de 1932, é a data cívica mais importante do estado de São Paulo e feriado estadual. Os paulistas consideram a Revolução de 1932 como sendo o maior movimento cívico de sua história.

20 comentários:

Anônimo disse...

ameei...me ajudOuh mtoOoOo!!!
FAÇAM ++++++ DESSES + DI OUTRAS MATERIASS:::rsrsrsrsrs
by^~~ana claudia
xD

Betho Sides disse...

O cumpadre!
Vim aqui para matar a saudades de vc...Desapareceu e não voltou para dar novo endereço...Já estou chateado que não virá ao Encontro, agora escondido...Pó
Brincadeiras a parte forte abraço amigo Serjão.
Betho

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO PROF. SÉRGIO... ADOREI O MAGNIFICO TEXTO DA NOSSA HISTÓRIA COMUM... SUBLIMES PALAVRAS... ABRAÇOS DE CARINHO E AMIZADE,
FERNANDINHA

Sandra disse...

Venho através do blog do Everson.,
VENHA CONFERIR MAIS ESTE CANTINHO. SEJA MAIS UM DOS MEUS SEGUIDORES. VEJA QUEM ESTÁ LÁ.
http://sandraandradeendy.blogspot.com/
TE ESPERO COM MUITO ORGULHO..
SERÁ UM GRANDE PRAZER.
SANDRA

Norma Villares disse...

Muito bom seu blog. Estou acompanhando-o.
Abraços

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Porque o apreço não tem preço e eu adoro História e acredito piamente que o Amor é o que co.move a História.

Muito obrigada sempre.
Beijos, meu querido
Renata**************************

Jeanne disse...

Sumiu o outro blog?
Realmente ocupa muito o tempo manter dois blogs...
Parabéns pela iniciativa, seus alunos devem estar adorando!
Beijos

Silvana Nunes .'. disse...

ahhhhhhhh, por que parou ?
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... pede licença para adentrar o seu espaço e dar uma espiada.
Parabéns pelo trabalho desenvolvido aqui.
Saudações Florestais !

http://www.silnunesprof.blogspot.com

Juliana Pires disse...

Seu texto me lembrou a época de escola, mais específicamente as aulas de história, fazia tempo que não ouvia falar nessas revoltas. Mudanças na Constituição, para mim, são passagens históricas muito importantes, a revolta das vacinas eu também achei bem interessante. Eu diria que hoje teríamos que fazer a revolta da segurança, precisamos de mais segurança nesse país! (entre tantos outros problemas)

Beijos

Bandys disse...

Prof Sergio,
Obrigado.

Espero que tenha comido o bolo, rss

BeijO

Anônimo disse...

Goste do Blog, correspondeu as minhas espectativas, em conteudos muito explicito, isso mostra competencia, parabens continue assim, ah! se vc pôder , coloca assuntos relacionados a bioteccnologia, obrigado!!!!

Anônimo disse...

me ajudo muito!!!valeuu

Amanda Garcia. disse...

Obrigado ajudou mt! espero q faça mais desses, mas de outras matérias! :D

Anônimo disse...

mt boom esse resumoo que vocee feiz..seu bloog é mt legaal...continue fazendoo esses resumos me ajudoo mt abraçoos *-*

Marina Santos disse...

Esse texto me ajudou mto! Foi beem importante para meu trabalho! Mto obg!

THAYLISON RODRIGO disse...

comentario perfeito arepeito deste assunto.QUE DEUS POSSA A CADA DIA MAIS TE ABENÇOAR POIS ELE É NOSSA ESPERANÇA,(ACEITE A JESUS COMO SEU UNICO SALVADOR)

jefferson de jesus@ disse...

muito legal esse texto.

jefferson de jesus@ disse...

gostei do blog nota 10

kleber Martins disse...

muito boom esse blog gostei muito

kleber Martins disse...

Gostei muito ta de parabéns muito bom blog